Sob o signo do cavalo, Ano Novo chinês começa nesta sexta

Linha Direta: 31 de Janeiro de 2014.

 

 

Nesta sexta-feira, um novo ano começa para mais de 1 bilhão de pessoas no mundo. O 31 de janeiro marca o início do ano 4712 no calendário chinês, sob o signo do cavalo. Diversas celebrações estão previstas em todo o sudeste da Ásia e nos países que abrigam grande parte da diáspora chinesa.

Hong Kong, região autônoma chinesa, foi decorada em vermelho e dourado, com mensagens de saúde, sorte e fortuna para a chegada do novo ano, que acontece a meia noite de hoje, às 14h, no horário de Brasília. Laranjeiras, desenhos de cavalos e árvores de pedidos, repletas de papeis vermelhos com votos, enfeitam a entrada de casas, escritórios e centros comerciais.

Nessa ocasião os chineses festejam em família e preparam diversos pratos tradicionais. Muitos rituais e símbolos marcam as celebrações da passagem de ano. Os chineses também presenteiam os mais próximos com doces, laranjas ou envelopes vermelhos com dinheiro. Dentro de poucas horas, na noite de hoje, acontece um colorido desfile, onde 10 trupes internacionais e 11 locais devem se apresentar com música e dança tradicional.

No sábado, o céu de Hong Kong vai se iluminar com 23 minutos de queima de fogos para marcar o primeiro dia do ano do cavalo e o fim do ano da serpente. Quatro balsas foram instaladas na Victoria Harbour, entre Kowloon e a Ilha de Hong Kong, com 6 mil quilos de explosivos. Eles serão utilizados nessa grandiosa celebração com a precisão necessária para formar no céu o desenho de um cavalo e do número 8, número da sorte para os chineses. Também por essa razão, a cerimônia começa pontualmente às 20h. Cerca de 300 mil pessoas são esperadas para ver de perto o show pirotécnico.

Feriado mais importante

Esse é o feriado mais importante da Ásia. A data que marca o início do novo ano lunar cai sempre entre o dia 21 de janeiro e 20 de fevereiro. O período, também conhecido como Festival da Primavera, começa hoje e termina no 14ª dia do primeiro mês do ano lunar, com o início do Festival da Lanterna. Além da China e de Hong Kong, o Ano Novo chinês é comemorado com feriados em outros países da região como Macau, Taiwan, Vietnam, Malásia, Brunei, Singapura, Indonésia e Filipinas.

Essa é a única grande pausa do ano para os chineses, que trabalham intensamente. Prédios do governo, escolas, comércios, bancos e fábricas estão fechados e os transportes lotados, pois milhares de pessoas retornam para as suas cidades de origem, no interior da China. Nesse período do ano acontece o que é considerado um dos maiores fluxos migratórios do mundo. O site de buscas Baidu, nº 1 na China, acaba de lançar um mapa atualizado a cada oito horas com os principais trajetos realizados pelos chineses no período. Pequim, Shanghai, Chongqing e Tianjin são as cidades que mais registram partidas e chegadas. O mapa foi realizado com mais de 5 bilhões de posições GPS recolhidas pelo Baidu, através de seus diversos serviços e aplicativos.

Superstições

O horóscopo chinês é composto por 12 signos, representados por animais. Os chineses seguem um calendário lunar, diferente do gregoriano ocidental, e os signos são atribuídos para cada ano, em um ciclo de 12 anos. O próximo ano do cavalo será em 2026.

Segundo os chineses, o cavalo significa espírito livre, ativo e independente. De acordo com as previsões locais, esse ano será de aventura e romance, mas também de caos e flutuações no mercado financeiro.

Milhares de pessoas devem seguir amanhã, no primeiro dia do ano lunar, para o templo de Wong Tai Sin, em Hong Kong, ascender incensos e rezar pedindo sorte e prosperidade para suas famílias. Hong Kong, antiga colônia britânica, cultivou a tradição das corridas de cavalo. No domingo, a primeira prova do ano do cavalo já tem acumulados 8,76 milhões de dólares em apostas.

Parece também que não foi por acaso que foi da Mongólia, país que faz fronteira com o norte da China e onde o cavalo tem historicamente um papel central na vida dos habitantes, que o presidente chinês, Xi Jinping, fez seus votos para o novo ano. Na quinta-feira, ele desejou saúde e felicidade para os chineses de todas as etnias. Ele disse esperar que a população chinesa continue trabalhando duro e lutando por prosperidade e uma vida melhor.

Toxto de Luiza Duarte - Linha Direta.